« Voltar
em carreira

Você precisa se desconectar.

Você já deve conhecido ou visto alguém que foi pra Europa e conheceu 10 países em 15 dias ou algo do tipo.

Nada contra quem curte esse tipo de viagem, mas não é a minha.

Explico: o tempo perdido se deslocando de um lugar pra outro é grande demais. Fora que você não fica tempo o suficiente em nenhum lugar pra realmente conhecer ele de verdade.

Todas as vezes que tive a oportunidade de viajar por mais de uma semana, eu preferi ir pra uma região e, no máximo, 3 cidades.

Eu curto conhecer o lugar mesmo, sabe?
Andar sem pressa pelas ruas e olhar as lojas e praças, comer os pratos que as pessoas comem no dia-a-dia, tentar entender onde elas vão e qual sua rotina, quais os bairros são mais legais, o melhor jeito de pegar o transporte público.

Curto quase me sentir um nativo, sabe?

Olhar pra aquela realidade e pensar como seria viver ali. Como seria trabalhar ali. Comer ali. Se comunicar ali.

Minha última viagem

Punta del Diablo é uma cidade pequena no litoral Urugaio e fomos dirigindo até lá de São Paulo, uma viagem que durou 20h.

É bastante tempo, né? Mas como já estávamos preparados e sem pressa, fomos parando e demoramos 3 dias pra chegar.

Choque cultural

A vida em Punta del Diablo não poderia ser mais diferente do que a minha é hoje.

A grande maioria dos pouco mais de 1000 residentes da cidade vive de pesca e do turismo. Com alguns poucos comércios e uma base policial, você encontra artistas pela rua vendendo suas coisas e muitos cachorros, todos muito dóceis e amigáveis.

Ficamos lá por uma semana, praticamente sem internet e eu não abri o computador um dia sequer pra tentar fazer algo relacionado a trabalho.

Foi uma experiência incrível.

Desconectando da realidade

Depois de vários dias vivendo fora da minha vida, eu conseguia quase me sentir um morador de lá.

E é nesse momento em que acontece o fenômeno que eu mais curto nessas viagens: eu olho pra minha vida em São Paulo como se fosse a de uma terceira pessoa. Como algo distante, que não é meu.

Uma vida que eu consigo analisar de fora e pensar: o que eu estou fazendo com essa vida? Será que eu tô fazendo o que quero? Se não tô vivendo ela do jeito que quero, o que preciso mudar quando voltar?

Desconecte-se

Pelo menos uma vez a cada 6 meses, de você puder tente se desconectar.

E pra isso você não precisa ir até o Uruguai ou ficar uma semana sem internet: apenas viva algo completamente fora da sua realidade por um tempo.

Trabalhar e estudar é bom, mas a necessidade de parar e respirar é algo e extremamente necessário pra todo mundo, especialmente pra nós que trabalhamos com tecnologia e estamos o tempo todo absorvendo informação.

comments powered by Disqus