Tag: carreira

  1. Como se tornar um grande desenvolvedor

    Ser desenvolvedor está em alta hoje em dia. Afinal, o investimento é relativamente baixo e o retorno pode ser muito bom. Há várias razões pra você querer desenvolver software. Depois de aprender o básico das ferramentas e linguagens que você precisa, vem a pergunta: e agora, como eu faço pra…

    em carreira

  2. Maneiras de se praticar desenvolvimento frontend

    Sempre que estudamos algo novo a melhor coisa a se fazer para validar o aprendizado é praticar. Mas aí vem a pergunta né? O que fazer? Onde/como praticar? No caso específico de front-end a melhor forma de se praticar é fazendo sites. Afinal, é basicamente para isso que o…

    em carreira frontend

  3. A necessidade de parar um pouco

    Nasci e vivi no interior até os meus 20 anos. Em 2007, vim para São Paulo em busca de uma vida diferente. E pode-se dizer que consegui: além de conseguir emprego em uma empresa bacana, minha esposa(namorada na época) engravidou, fomos morar juntos e um monte de coisa aconteceu…

    em carreira

  4. Embarcando no mundo front end: configurando meu ambiente

    Como eu postei, resolvi entrar de cabeça e aprender front end de verdade. A primeira coisa que eu faço quando vou aprender algo novo é baixar as ferramentas, configurar ambiente e tudo mais. Mas pera! Preciso configurar ambiente pra desenvolver pra escrever código html, css e javascript? Não! Tudo que…

    em html carreira frontend

  5. Embarcando no mundo front-end

    Meu primeiro contato com programação foi com Delphi, há pouco mais de 10 anos atrás. Fiz um curso relativamente bom pra época e depois comecei a trabalhar com meu pai. Foi aí que eu vi que um curso é bem diferente da vida real. Eu ia ter que aprender muito…

    em carreira frontend

  6. O maior desafio de um programador: estar o tempo todo aprendendo

    Se você programa há um tempo razoável e costuma acompanhar noticias e novidades, sabe que de tempos em tempos aparecem novas linguagens, frameworks, metodologias e ferramentas. E às vezes junto com o lançamento vem todo um hype: várias pessoas falando que essa tecnologia é melhor do que as outras, porque…

    em carreira

  7. Como fazer perguntas: talvez você simplesmente não esteja perguntando direito

    Pelo menos uma vez na vida de desenvolvedor você já teve um problema que precisou fazendo uma pergunta, certo? Nem sempre conseguimos as repostas que queremos. E com certeza existe uma razão pra isso. Primeiro: pesquise Imagine que milhares(talvez, milhões) de outros programadores usam a mesma linguagem/framework/plataforma/…

    em carreira

  8. De desenvolvedor a blogueiro e escritor: a decisão de escrever todos os dias

    Como eu disse nesse post, demorei muito tempo pra começar a escrever mas sempre tive essa vontade. Agora, vai fazer um mês que estou escrevendo direto todos os dias. De 2007 até o início de 2014, trabalhei focado basicamente em escrever código. Hoje eu sou instrutor na Caelum, monto cursos…

    em carreira

  9. Por que ser um desenvolvedor: razões pra você não desanimar

    Às vezes nosso trabalho nem sempre é recompensador e criativamente legal do jeito que gostaríamos que fosse. Ou, pra você que ainda está começando, tudo pode parecer difícil e complicado, né? Tem coisas que parece que a gente não vai aprender direito nunca. Vamos enumerar aqui algumas razões pra você…

    em carreira

  10. Razões pra você desenvolver em .NET: porque essa plataforma ainda está entre as melhores

    Quando entrei na Caelum, em Março de 2014 eu estava vindo de anos de trabalho com ASP.NET Webforms. Estava um tanto quanto desatualizado, pra ser sincero. Então decidi que estava na hora de aprender coisas diferentes. Comecei dando aulas de C# e Java e estudei outras coisas, como: Java,…

    em .net carreira

  11. Porque demorei 10 anos pra começar a escrever e porque você não deve fazer o mesmo

    Hoje tenho 28 anos e comecei a desenvolver há mais ou menos 10 atrás. Como sempre fui usuário assíduo da internet, já leio blogs e participo de comunidades há muito tempo. Só que sempre fui um participante passivo, do tipo que só lê, comenta uma o outra coisa mas não…

    em carreira