« Voltar
em carreira devrel developer relations
O que é DevRel e porque você e sua empresa deveriam se importar

O que é DevRel e porque você e sua empresa deveriam se importar.

Em 2006 meu pai filmou um cara chamado Sang Shin dançando loucamente ao som de uma banda cover de Barão Vermelho em um evento chamado Sun Tech Days (você pode me ver de camiseta branca a partir de 0:25). Isso foi no fim do dia, depois das palestras.

Eu assisti a palestra do Sang e sinceramente não lembro sobre o que era, só sei que era algo que envolvia Java. Mas eu lembro que no slide de apresentação ele disse que era Developer Evangelist na Sun. Foi a primeira vez que eu ouvi esse termo.

Apesar disso, a ideia de evangelistas em tecnologia não é nova: o termo software evangelist foi cunhado por Mike Murray, diretor de marketing da Apple nos anos 80, na época em que a empresa ia lançar o Macintosh e queria fomentar a criação de aplicações pra plataforma deles.

Depois da Apple, outras empresas do Vale do Silício começaram a ter evangelistas, embaixadores e pessoas com outros nomes chiques cujo principal propósito era "levar a palavra" da empresa para as comunidades de tecnologia. E, por muito tempo, esse nicho específico de devs ficou limitado à empresas do Vale. Mas não mais.

Hoje em dia é cada vez mais comum vermos empresas com áreas e pessoas focadas em organizar eventos, criar conteúdo e lidar com a comunidade de tecnologia de forma geral. E um termo que vem ganhando cada vez mais relevância é o tal de DevRel.

Mas o que é DevRel?

DevRel é uma abreviação de Developer Relations e pode ser definida como uma área da empresa com pessoas focadas em criar relacionamentos e gerar valor para a sua comunidade de tecnologia.

Mas que comunidade? Basicamente:

  • Quem usa seu produto
  • Quem não usa, mas conhece
  • Quem nunca ouviu falar de você ainda
  • Quem é dev e pode um dia trabalhar com você

Dentro dessa área, você vai encontrar diferentes perfis profissionais:

  • Gerentes de comunidade/community managers: pessoas técnicas (ou não) cujo trabalho é participar de conversas em redes sociais, fóruns e emails.
  • Organizadores de eventos: que tem a responsabilidade de criar e engajar pessoas em eventos online e offline.
  • Developer evangelists: pessoas que estão o tempo todo fazendo lives de código, palestrando em eventos, criando demos do produto. O termo "evangelist" tem caido um pouco em desuso por causa da conotação religiosa, muita gente tem trocado pra "techical ambassador" ou algo do tipo.
  • Criadores de conteúdo: pessoas focadas em escrever artigos, documentação, gravar vídeos, fazer lives. Por ser uma área relativamente nova, o trabalho de quem está dentro dela varia muito de empresa pra empresa e os papéis acabam de misturando bastante. Eu mesmo sou Tech Community Manager na Alura e faço um pouco de tudo que descrevi aí em cima.

No relatório The State Of Developer Relations 2020 a gente lê que "não existe uma estrutura específica dominante para a área de DevRel em empresas". Logo, essa área pode ser de um jeito em uma empresa e de outro completamente diferente em outra.

Tipos de DevRel

Empresas como Microsoft, Twilio e Oracle que têm muitos produtos onde devs são os usuários principais geralmente irão focar em uma estratégia chamada Developer First: os esforços de DevRel aqui focarão em quase todo o funil da empresa, passando por vendas, suporte e contratação.

Já em empresas onde os usuários finais não são devs, a estratégia seria a Developer Plus: aqui devs não são usuários finais, mas o relacionamento com eles é essencial para a empresa no longo prazo. É o que acaba sendo realidade pra maioria das empresas.

Essas estratégias podem ter vários objetivos:

  • Awareness: fazer sua empresa/marca/produto ser conhecido pela comunidade tech. Aqui geralmente são ações feitas com alguém com influência maior que a sua. Exemplo: na Alura fazemos um podcast mensal com o Jovem Nerd, o NerdTech, que tem milhões de ouvintes e é muito maior que qualquer podcast nosso. Apesar de ter gente que escuta e vem estudar com a gente por causa dele, o principal objetivo desse podcast é fazer que pessoas que nunca ouviram da Alura saibam da existência dela.
  • Vendas: para empresas com produtos pra devs, convencer essa galera de que o produto é bom, mostrando suas funcionalidades através de variados canais de comunicação.
  • Pegar feedback: como saber se você está fazendo o que seus usuários querem? Interagindo com eles constantemente de várias formas diferentes.
  • Educar: vídeos, artigos e documentação sobre como usar seu produto. Pra empresas Developer Plus, conteúdo sobre tecnologias usadas dentro da empresa e histórias de aprendizados em projetos podem aproximar outros devs.
  • Contribuições de código: pra quem tem projeto open source e quer gerar contribuições, nada melhor que um esforço nesse sentido e que vai, eventualmente, gerar awareness e talvez vendas.
  • Contratação: as empresas estão começando a perceber que pra contratar bem não adianta só anunciar vagas em portais e redes sociais. Principalmente para as maiores e que precisam contratar com frequência, focar em construir uma comunidade em torno da empresa pode ser extremamente importante.

Para a empresa, eu represento a comunidade. Para a comunidade eu represento a empresa.

A frase não é minha mas da Mary Thengvall nesse artigo onde ela resume (melhor que eu) o que é DevRel.

Dentro da empresa, o papel do profissional de DevRel é lutar pelo que a comunidade quer e precisa.
Na comunidade, é identificar oportunidades de atingir os objetivos da empresa de várias formas diferentes.

Por mais que profissionais de Marketing e Produto entendam de relacionamento e experiência do usuário, a grande maioria desas pessoas não têm conhecimento técnico.

E, cá entre nós: você pode ser a pessoa mais empática do mundo, mas só quem é dev entende 100% os problemas e anseios de quem é dev. E é através do entendimento mútuo e a criação de laços de confiança que esses profissionais conseguem gerar valor tanto pra empresa quanto para a comunidade.

Porque você deveria se importar

Aqui eu tô fazendo uma previsão, mas eu sinto que nos próximos 5 anos a demanda de profissionais pra essa área vai crescer e as empresas irão cada vez mais demandar gente pra isso.

E é aí que entra você, dev que tá me lendo aqui: DevRel pode ser mais uma oportunidade de carreira dentro da área de tecnologia.

Eu só me dei conta recentemente, mas eu já meio que trabalho com DevRel desde 2016 através de blog, palestras, podcasts, lives e eventos. Sempre curti muito tecnologia, mas gostava ainda mais de conversar, interagir, compartilhar conhecimento. E foi nesse trabalho que me encontrei profissionalmente e me tornei alguém feliz de verdade trabalhando.

E sinto que cada vez mais esse pode ser o caminho para outras pessoas também :)

O que você acha? Faz sentido a minha previsão ou tô viajando?

comments powered by Disqus