« Voltar
em carreira
Ninguém se importa com a tecnologia que você ama

Ninguém se importa com a tecnologia que você ama.

Talvez eu tenha exagerado: quase ninguém. Nós, devs, nos importamos com as tecnologias que amamos.

Escrevemos livros sobre elas. Posts de blog.
Fazemos sites em sua homenagem pra mostrar todo nosso amor.
Discutimos ferozmente pra defendê-las em fóruns e grupos de discussão.
Organizamos eventos pra falar delas e como são magníficas.

Nós, devs, nos importamos com as tecnologias.

Mas mais ninguém.

O resto do mundo não tá nem aí se você gosta mais de Python ou Java.

As pessoas querem coisas que funcionem

Quando você tá com pressa e precisa de um táxi, faz alguma diferença o que tá rodando ali por trás?

Não, porque o que você quer é um táxi.
Se o que roda ali atrás é Java, PHP, Python, Cobol ou Delphi, não faz diferença nenhuma pra você.

Se funcionou, tá bom.

Tecnologia é importante

Não me entenda mal: eu sou um grande fomentador da comunidade de tecnologia. Acho que nós devemos continuar fazendo sites, escrevendo livros e organizando eventos sobre as tecnologias que amamos.

Afinal, nós não gostamos delas apenas porque sim.

São essas tecnologias que trazem nosso sustento, que nos desafiam intelectualmente, que nos divertem e nos fazem querer aprender cada vez mais sobre elas.

Mas não podemos nos esquecer do que ela são: um meio para um fim.

Pessoas > Tecnologia

Se tem uma coisa que eu aprendi depois de mais de 13 anos de experiência é que estudar tecnologia é extremamente importante. Se atualizar, praticar um pouquinho todos os dias e tentar sempre melhorar.

Mas o que abriu as melhores portas pra mim até hoje foi conhecer as pessoas certas.

Eu consegui o melhor emprego da minha vida pela indicação de um amigo.
Tive oportunidades de freelas e trabalhos incríveis por causa de pessoas que conheci em eventos e comunidades.
Comecei a fazer podcasts, vídeos e organizar eventos porque meus superiores confiaram em mim e me deram mais responsabilidades.

Você pode ser o maior expert em Python do mundo, mas no fim do dia (salvo raros casos) você terá que lidar com pessoas. E essas pessoas, de uma maneira ou de outra, terão impacto direto em sua vida profissional.

Umas mais, outras menos.
Algumas positivamente, outras negativamente.

Mas uma coisa é fato: apenas ser bom em tecnologia não vai te fazer ser um profissional bem-sucedido.
A qualidade das suas relações e a confiança que as pessoas ao seu redor têm em você farão uma diferença enorme na sua vida.

O que você acha?

Tô certo? Tô errado? Já se deu bem na vida só porque era a pessoa fodona em Python?

Contaí suas experiências :)

comments powered by Disqus