« Voltar
em sql server c# typescript canada
A vida de um desenvolvedor de games em Montreal, no Canadá

A vida de um desenvolvedor de games em Montreal, no Canadá.

Montreal tem a segunda maior economia do Canadá e é uma cidade incrível pra se viver.

O Guilherme Malfatti, desenvolvedor de 28 anos que chegou por lá há pouco tempo por lá topou dar uma entrevista e contar um pouco sobre como é a vida dele e como foi parar lá.

Ele já tinha 6 anos de experiência quando se aplicou em um processo pra trabalhar Ubisoft. E esse processo foi intermediado através de uma empresa chamada Talent Montreal, que inclusive estará em São Paulo em Julho procurando mais de 100 devs pra levar pra Montreal.

Você pode ver as vagas em aberto aqui. Quando você entra no site ele está em francês, mas é só clicar em "English" do lado direito superior que muda :)

Agora, vamos ver o que o Guilherme tem de legal pra contar pra gente sobre o processo e a vida lá.

Em que empresa trabalha e com quais tecnologias?
Ubisoft. As tecnologias são C#, VueJS, Typescript e Sqlserver.

Como foi o processo? Quantas entrevistas e testes?
O processo iniciou com a primeira entrevista ainda no TDC em POA, tive a possibilidade de conversar com RH no local, certamente isso ajudou bastante, a conversa face to face e não apenas via skype.

Após isso recebi um comunicado que dois times estavam interessados no meu perfil, fiz a entrevista técnica com meu manager e duas semanas depois recebi retorno que estavam trabalhando em uma job offer.

Primeiro dia do Guilherme em Montreal

Você foi sozinho ou com familiares?
Sozinho.

Como foi a adaptação ou como está sendo?
Com relação a adaptação no trabalho, não tive nenhum problema. Claro, a língua é uma grande barreira sem dúvidas mas se a pessoa tem a capacidade de adaptação é fácil se acostumar com isso.

Em Montreal a questão da língua é um pouco mais complicado, pois eles falam francês e inglês, eu apenas falo inglês. Todo o meu time fala francês no dia dia, apenas falam em inglês quando estão se comunicando comigo(conversas do dia a dia, reuniões e etc).

Certamente quem domina o francês já ganha uma "estrelhinha" com o pessoal de Montreal: ajuda muito, ajuda a você se sentir mais envolvido na comunidade, se sentir em casa.

Essa é minha primeira experiência na industria de games, então uma coisa que ainda não me acostumei é ao caminhar no corredor da empresa e ver os colegas de trabalho "jogando video game", na verdade não estão jogando, eles estão trabalhando!

Os primeiros dias foram engraçados com relação a isso, eu comentei com meu manager e a resposta dele foi mais ou menos isso: "aqui se você não esta jogando você não está produzindo".

Com relação a adaptação no dia a dia(fora do trabalho), da mesma forma que a língua francesa ajuda no trabalho, também ajuda a se virar no dia a dia. Quando você vai no mercado, padaria e etc, todo mundo se apresenta em francês, com educação vocês explica que não fala ainda (porque ainda? porque isso mostra que vocês está disposto a aprender a língua deles) e eles falam em inglês contigo sem problemas.

Claro, sempre tem a exceção da pessoa apenas falar francês, ai você improvisa e segue a vida (isso as vezes é engraçado).

Apartamento do Guilherme

E com relação ao clima?
Cheguei em um momento muito bom: final de Abril e não tinha mais neve, o clima é muito semelhante ao do Brasil (por enquanto, é claro). Dias ensolarados, parques, muitos parques que podem ser utilizados nestes dias mais quentes.

O que vê de vantagens e desvantagens com relação a vida no Brasil?
Vantagens: Segurança e qualidade de vida sem pensar duas vezes. Em um almoço com meu time eu comentei da segurança ou falta dela no Brasil, citei alguns exemplos, de você não poder andar na rua de noite, a resposta deles foi a seguinte: "mas a rua não é publica? todos podem andar nela, porque você não pode?".

Desvantagens: Longe da Família e amigos, obviamente aqui você constrói um novo grupo de amigos, muitos deles brasileiros e outros estrangeiros, mas mesmo assim ficar longe da família é um pouco difícil.

Por último quero elencar que o Canadá não é um país perfeito, também tem seus problemas, como: golpes com cartão de crédito, golpes via telefone, moradoes de rua (em uma quantidade menor mas tem).

E como eu sempre falo: não existe um lugar perfeito. Existem lugares melhores que os outros, mas não perfeito. Com relação a qualidade de vida aqui, por enquanto eu considero superior que no Brasil.

Pra quem pensa em ir morar aí também, que dicas você dá?
Aprender francês e ou inglês é fundamental! Como já falei antes, se falar francês eu diria que você já está na frente de muitas pessoas.

Mas a minha principal dica é: não desistir. Não desanime em receber um não de uma empresa. Eu recebi vários antes de receber um sim, a persistência é essencial.

O que tem de legal pra se divertir e curtir a cidade?
Bah, Montreal é uma cidade para todos os gostos! Nestes primeiros dois meses que estou aqui percebi que todo final possui alguma atividade ao ar livre, muitas delas free: ex: F1 e eventos musicais (quase todo final de semana).

Além disso existem muitos museus pra quem gosta. Tem jardim botânico, que um lugar super bonito de se visitar.

Parques, muitos parques! Aqui as pessoas valorizam muito isso: se não estiver chovendo, tem gente no parque fazendo picnic com a família e amigos, jogando futebol,vôlei e etc. O pessoal aqui em Montreal não é muito fã de futebol, mas eles gostam bastante de hockey, é uma atividade que ainda quero conhecer.

E aí, quer ir pra Montreal Também?

A mesma empresa que ajudou o Guilherme a ir pra Montreal estará em São Paulo no dia 21 de Julho, com mais de 100 vagas a serem preenchidas por desenvolvedores que querem ir pra Montreal.

Ok, como funciona?

Primeiro, você entra aqui e vê as vagas que estão em aberto em quais delas você se encaixa. Quando você entra no site ele está em francês, mas é só clicar em "English" do lado direito superior que muda :)

Depois disso, cadastre-se no site.

Uma vez que sua conta for criada, você será capaz de ver todas as vagas disponíveis e se candidatar as vagas clicando no botão "Candidatar-se".

A partir de então, você poderá enviar uma mensagem ao empregador, escrever um breve resumo das suas experiências profissionais e fazer o upload de seus documentos.

A empresa irá analisar sua candidatura e se você for selecionado, será chamado para a entrevista presencial no dia 21 de Julho :)

Se quiser saber mais sobre brasileiros e brasileiras vivendo e trabalhando fora do Brasil, escute o podcast Carreira Sem Fronteiras.


Outros posts que você talvez goste:
Conselhos que eu queria ter recebido no início da minha carreira
Porque eu troquei meu Linux por Windows

Se você gosta dos meus posts, me apoie pra eu manter tudo aqui funcionando!

comments powered by Disqus